Melhores Dicas Para Tratar a Ansiedade Noturna

Quando o sol vai se pondo, alguns pensamentos passam a ocupar a mente e vão impedindo que o indivíduo relaxe e consiga adormecer.

Pode parecer angustiante, mas é justamente isso que acontece com pessoas que sofrem de ansiedade noturna.

Esse tipo de ansiedade é causada, normalmente, pelos altos níveis de estresse que são gerados durante os dias, sejam por causa do trabalho, família, problemas pessoais e outros.

Esse estresse vai se somando com outras tensões e pode surgir também sem qualquer motivo aparente.

A pessoa então, passa a sentir um grande nervosismo e preocupação, que tendem a se manifestar com mais intensidade justamente no momento de descansar.

A ansiedade noturna se manifesta de forma mais frequente quando o indivíduo já apresenta algum tipo de distúrbio do sono, como a insônia, por exemplo.

Então, o medo passa a tomar conta dessa pessoa e ela pode não conseguir adormecer ou, mesmo que consiga, seu sono não será contínuo e profundo, despertando várias vezes.

Vale lembrar ainda que as pessoas que sofrem de ansiedade noturna ainda apresentam uma maior dificuldade de concentração durante o dia, ou seja, são mais distraídas.

Isso porque o ataque de ansiedade impede que haja uma noite de nosso satisfatória, não possibilitando que o corpo e a mente descansem corretamente. A consequência se manifesta em questões da rotina diária.

O fato é que, quando o assunto é sono, a qualidade é muito mais importante do que a quantidade. Dessa forma, quando a pessoa se concentra no pensamento de que não vai dormir ao invés de focar em relaxar, mais difícil ainda é adormecer de fato, mas hoje existem produtos naturais que ajuda tratar esse problema, e o captril funciona perfeitamente para melhorar a ansiedade de forma natural.

Principais causas da ansiedade noturna

A ansiedade é um problema que desconhece horários, ou seja, uma pessoa pode sofrer de ansiedade noturna, mesmo esse sendo um período em que normalmente se está mais relaxado.

O fato é que a ansiedade é uma emoção que não deve ser nunca subestimada, visto que ela pode ser devastadora quando sua energia está mal dirigida, ocasionando uma série de problemas sérios.

De uma forma geral, os transtornos de ansiedade se manifestam de variadas formas, não sendo tão simples classificá-los de uma forma sistemática ou identificar suas causas.

Algumas pessoas, por exemplo, apresentam extrema agitação enquanto outras, simplesmente ficam paralisadas. Assim como alguns sentem maior pânico pela manhã enquanto outros sentem na hora de dormir.

Dessa forma, a ansiedade noturna não tem causas conhecidas e pode surgir assim como qualquer outro tipo de ansiedade, sendo fundamental procurar ajuda, no vídeo abaixo a gente mostra mais detalhes.

Estrias na Gravidez: Dicas Para Prevenir e Tratar

Não é nada incomum o surgimento de estrias em mulheres que estão grávidas e isso tende e ocorrer especialmente por causa do estiramento acelerado da pele durante o crescimento da barriga

No entanto, uma grande preocupação das recém-mamães é justamente as estrias depois da gravidez, que são problemas que pode acompanhá-las para o resto da vida.

Além da barriga, as estrias também pode se manifestar nas coxas, nádegas e quadril das gestantes, bem como nos seios. Isso porque são essas as regiões que mais sofrem alterações de tamanho.

Mais do que isso, a genética também tem uma grande influencia no surgimento de estrias depois da gravidez. O mesmo vale para o metabolismo e para os hormônios.

Uma dica para eliminar essas estrias, é fazer o uso do silk skin que é um creme para estrias que diminui e evitar aumentar.

O que são as estrias?

De uma forma bem simples, as estrias são linhas, como cicatrizes, que surgem quando há um rompimento na fibra elástica de pele.

Essa fibra tende a se romper quando ocorre um aumento grande de peso, que faz a pele exceder o limite de estiramento possível.

Cuidados importante para evitar estrias depois da gravidez

Embora na maioria das vezes elas sejam inevitáveis, a verdade é que existem dicas ótimas que poderão ajudar a amenizar a intensidade com que o problema ocorrerá, veja a seguir:

  • Controle do peso

Claro que é normal ganhar peso durante a gestação, mas é importante cuidar para que ele não seja excessivo, pois isso é contraindicado para a mamãe e para o bebê.

Não aumentando tanto de peso, a chance do surgimento de estrias também e menor.

  • Alimente-se bem

Manter uma boa alimentação é algo essencial para a saúde como um todo. Então, aposte nos alimentos que sejam ricos em fibras, colágeno e antioxidantes.

Eles ajudam a melhorar a firmeza da pele e também favorecem a elasticidade.

Quanto às vitaminas, tenha sempre alimentos ricos em vitaminas A, C e E no cardápio, que podem ser encontradas em legumes, frutas, laticínios, carnes e óleos vegetais.

  • Atividade física

Mesmo estando grávida, é recomendado manterá prática de atividade física, porém sempre evitando aquelas de impacto. As atividades na água são excelentes para manter o corpo em movimento.

  • Hidratação da pele

É essencial manter a pele bem hidratada e isso pode ser feito de dentro para fora e de fora para dentro.

Então, tome muita água pois isso também contribui para o funcionamento do organismo como um todo. Também aposta no uso de cremes de alto poder de hidratação, bem como de óleos, como o de amêndoas.

Pronto, agora você já sabe como evitar estrias depois da gravidez!