Medo de dirigir na estrada

Um dos maiores objetivos de algumas pessoas que tiram a Carteira Nacional de Habilitação, a CNH, é poder pegar a estrada aos finais de semana e ter mais liberdade para aproveitar a vida.

No entanto, o que acontece é que muita gente tem medo de dirigir na estrada, sendo uma condição muito mais comum do que se pensa.

Assim, quem apresenta esse medo acaba se privando de um excelente privilégio, que é o de poder aproveitar o seu veículo para viajar.

É fato que as estradas dão medo mesmo, afinal, têm grandes ônibus e caminhões, além de velocidades mais altas. Isso pode ser intimidador de uma certa forma, especialmente para os menos experientes.

O que causa o seu medo?

O mais importante é procurar ajuda especializada, de quem entende do assunto para que você possa aprender como perder o medo de dirigir na estrada, no seu bairro ou onde quer que seja!

Mas antes disso você mesmo pode entender o motivo do seu medo de dirigir, é importante distinguir os sentimentos que podem engatilhar a sensação de medo. Com isso, é possível encontrar a melhor solução para o problema, veja:

  • Medo

O medo é algo natural do ser humano, sendo um mecanismo de defesa primitivo e um dos maiores responsáveis pela sobrevivência da espécie. Ele coloca o corpo em estado de alerta frente a um perigo, aguçando os sentidos e garantindo a autopreservação.

Portanto, ter medo não é algo ruim, mas ele também não pode sobrepor-se à tomada de decisões racionais.

  • Fobia

A fobia traz uma reação física semelhante à do medo, mas ela não tem, necessariamente, uma base racional, ou seja, nem sempre está ligada a situações de perigo.

Algumas pessoas têm fobia de palhaços, de bueiros, de insetos e outros. Então, a fobia aciona mecanismos semelhantes ao medo, mas também vai um pouco além, gerando uma ansiedade em excesso.

  • Traumas psicológicos

Algumas pessoas carregam traumas físicos e emocionais que dão origem a essa angústia e medo de dirigir. Dessa forma, a experiencia tem um impacto tão grande na vida da pessoa, que muda suas reações a estímulos.

Isso é bastante comum em pessoas que já se envolveram em acidentes de trânsito ou que perderam um ente querido dessa forma.

  • Ansiedade

A ansiedade é um mal moderno cada vez mais presente nos nossos dias e ela também pode levar ao medo de dirigir. Isso ocorre especialmente pelas incertezas do que está por vir, pelas possibilidades de erro e pelas consequências que isso pode gerar.

Cria-se então uma ansiedade, que é o medo pelo que ainda não aconteceu e, possivelmente, nem vai acontecer!

IPVA 2020 SP

Já se encontra disponível as datas para o pagamento do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) do estado de São Paulo. O IPVA é o imposto destinado aos portadores de veículos automotores, e ao contrario do que muitos pensão, por se tratar de um imposto, a constituição federal proíbe vínculos determinados. Por tanto o IPVA 2020 se destina a serviços básicos para a população em geral como saúde, transporte, educação, segurança, habitação, e não para recupera ruas e estradas.

A alíquota do imposto, aplicada sobre a base de cálculo atribuída ao veículo, será de:

1,5% (um inteiro e cinqüenta centésimos por cento) para veículos de carga, tipo caminhão;

2% (dois por cento) para:

– Ônibus e microônibus;
– Caminhonetes cabine simples;
– Motocicletas, ciclomotores, motonetas, triciclos e quadriciclos;
– Máquinas de terraplenagem, empilhadeiras, guindastes, locomotivas, tratores e similares.

No caso de veículos novos a alíquota incide no valor total, que consta no documento fiscal de aquisição pelo consumidor, o recolhimento é feito por guias de recolhimento, geradas no sistema de emissão de guias. A base para o calculo de veículo usado será o valor de mercado, que consta na tabela que o Poder Executivo divulga, sempre no mês de setembro para vigorar no exercício seguinte.

No estado de São Paulo os Bancos Credenciados para o pagamento do IPVA 2020 são: Bradesco, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Citibank, Daycoval, HSBC, Itaú, Mercantil Do Brasil, Panamericano, Rendimento, Safra, Santander. Casas lotéricas e Bancos Postais completa a lista, neste caso será necessário o código do RENAVAM.

Após a data de vencimento, o contribuinte não poderá parcelar ou efetuar o pagamento com desconto, e não se admite a inversão das duas últimas parcelas. Para mais informações acesse o Site do Detran e se atualizar a respeito.

Se o seu veiculo encontra com IPVA 2020 atrasado ou se o débito foi inscrito na dívida ativa, você devera consultar no endereço eletrônico www.dividaativa.pge.sp.gov.br, na opção consulta, digite o numero do RENAVAM do veiculo ou o numero do seu CPF, se confirmado a guia de recolhimento devera ser gerada EXCLUSIVAMENTE no endereço eletrônico citado, para então a completa regularização da situação tributária.

Lembrando que gerando a guia do IPVA 2015 pela Secretaria da Fazenda www.fazenda.sp.gov.br a pendência não será regularizada, e se o seu nome já estiver incluído no CADIN permanecera. É preciso observar que o licenciamento do veículo so poderá ser obtido com o pagamento de todas as pendências constantes no sistema de licenciamento eletrônico.

Sem o licenciamento o proprietário ficará impedido de circular nas vias publicas, ficará sujeito à apreensão do seu veículo, em qualquer blitz ou fiscalização, cabendo a autoridade de trânsito, urbano ou rodoviário, a aplicação da multa. O condutor ainda perde sete pontos na CNH, por se tratar de infração gravíssima.

Para o contribuinte que deixar de recolher o imposto no prazo fixado, estará sujeito a acréscimos de juros que corresponderão a 0,33% (trinta e três centésimos por cento) por dia de atraso, até o limite de 20% (vinte por cento), calculados sobre o valor do imposto.